Pesquisar este blog

Utilize os MARCADORES no lado direito para facilitar sua navegação pelo blog.

domingo, 3 de julho de 2011

5º Moto Fest Guariba SP

Bom garotada, ontem, 2/07, foi o V Moto Fest em Guariba. Tenho duas coisas a dizer:

Primeiro, é um evento grande, com várias atrações: presença de moto clubes, equipe de wheeling que desossou a parada, um desfile muito legal para eleger a Garota Moto Fest de 2011 – garotas lindas – eu até participei como convidado dos jurados, e também, para fechar a noite com chave de ouro, meus queridos amigos da banda Pesadello (depois disso, seguiu-se uma boate à la bonde do tigrão).
O evento foi no Ginásio de Esportes Guariba, que possui uma instalação de dar inveja a muita cidade da região.
Nós aqui de Monte Alto fomos muitíssimo bem recebidos, inclusive com direito à uma seleta área VIP. Fomos tratados como verdadeiras divindades pelo pessoal da cidade e da organização do evento. Foi um evento maravilho. Parabéns a todos.
Tudo regado a muito Aerosmith.

Bom, vamos então para o segundo ponto desta resenha.
Percebemos que, apesar de ter sido um puta evento, a juventude de Guariba foi apática, sem tempero, não havia agito, não havia palmas, não havia aqueles gritos, assovios, e ovacionadas típicas de eventos musicais e em encontro de motociclitas. Pensamos até que estes eventos, por lá, devem ocorrer com freqüência (todo dia, por exemplo), pois parecia uma coisa sem motivação, como se todos estivessem assustadoramente acostumados com tudo.

Outro ponto que devo citar aqui, infelizmente, foi a participação do público durante a apresentação da banda Pesadello. Os caras entraram, abriram o show com a belíssima O Rock Destrói a Cidade, e deram seqüência com músicas próprias e covers, como Satisfaction (The Rolling Stones) e, obviamente, tendo em vista o evento, Born To Be Wild (Steppenwolf), e muito Raul Seixas.

Estava eu, então, em frente ao palco batendo cabeça, agitando da melhor maneira possível para honrar a banda que tem 25 anos de estrada, quando resolvi ver o resto da moçada agitando também. Fiquei chocado. Eu estava sozinho, SOZINHO, com meia dúzia de gato pingado que ao menos sabiam o que estavam fazendo ali. Bom, se isso não estava abalando a banda, a mim também não iria. Continuei o quebra pau em frente aos caras, e lenha. Dá-lhe ROCK AND ROLL MOTHERFUCKRS!

Depois de tudo, saí a perguntar ao pessoal da cidade o motivo daquela solidão minha. As respostas me levaram a crer que em Guariba não há nenhum (se não, pouquíssimo) prestígio musical. O Markão (frontman da banda) e eu conversamos a respeito deste fato, e, desanimado, porém, acostumado, disse: “ah Marcão, você sabe como é pessoal de cidade pequena, cara. A mente é pequena também”

Fica aqui, então, um pedido a juventude de Guariba SP. Valorizem a cultura. E, já que vocês possuem eventos tão bons, como a banda Pesadello há 25 anos na estrada, e o Moto Fest Guariba, dêem valor, agitem, preservem a iniciativa e incentivem, com sua presença, as pessoas continuarem patrocinando e produzindo este tipo de lazer à cidade. Do contrário, tudo cai no desuso e se extingue. Depois, estão abertas as reclamações sem fundamento.

Mais uma vez, obrigado a todo o pessoal de Guariba. Estaremos aí no ano que vem.

Ah, rejeitando a vários convites, por pouco não passei a noite por lá.
_____________

Abaixo, segue-se vídeo da música Calendário, da Pesadello, provando sua qualidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário